Topo

Quer assistir anime online? Conheça boas opções de sites da atualidade

1.50 / 5 - 4
Comente

Os animes ganharam o mundo e hoje estão entre os programas preferidos de grande parte dos jovens que buscam entretenimento online. Ainda reticentes diante desse novo cenário, no entanto, muitas empresas seguem tímidas na hora de investir em conteúdo para atender essa demanda, o que acaba por limitar as opções dos espectadores.

Mas isso não pode ser utilizado como argumento para se render à pirataria, nada disso. Quem prioriza o consumo de conteúdo legalizado – e quem não o faz poderia considerar fazê-lo (veja os motivos no final do artigo) – por exemplo, já encontra hoje algumas opções interessantes para acessar esse tipo de produção em plataformas de renome no cenário do audiovisual online.

Se encaixam nesse âmbito, por exemplo, marcas como Amazon Prime Video e a própria Netflix. E essas não são as únicas. A seguir você confere outras opções interessantes dentro desse universo. Veja!

Veja também:

Jogos para apreciar com o apoio de um joystick

Crunchyroll

Jogos para apreciar com o apoio de um joystick

Apontado por muitos espectadores como a melhor plataforma para assistir animes de maneira legal em português, o Crunchyroll tem ao seu favor o fato de manter um catálogo sempre atualizado, tendo normalmente mais de 500 títulos de animes à disposição do assinante do serviço.

Outro ponto positivo da ferramenta é que muitas vezes o usuário pode assistir um episódio em até uma hora após a exibição original na TV.

Além disso, a plataforma ainda conta com produções tipo tokusatsu e dorama, ou seja, os tradicionais seriados de super-heróis e dramas asiáticos (respectivamente) com atores reais. O serviço tem um plano gratuito com anúncios e um plano premium.

Hidive

Jogos para apreciar com o apoio de um joystick

Esse é provavelmente o maior concorrente do Crunchyroll. Com funcionamento similar, a plataforma também dá ao usuário a oportunidade de acompanhar os lançamentos de boa parte dos animes japoneses com pouco tempo de diferença em relação à exibição original na TV asiática.

De negativo, há o fato de o catálogo não ser tão vasto quanto o da concorrente. Em contrapartida, a assinatura mensal da versão premium do serviço é consideravelmente mais barata, custando apenas US$ 4, só podendo ser paga em dólares.

Netflix

Quer assistir anime online? Conheça boas opções de sites da atualidade

Embora os animes não sejam o foco do catálogo da Netflix, a verdade é que a empresa também mantém em sua lista de programas algumas das produções mais populares dentro do gênero.

E não é só isso, além de produções de outros estúdios, a própria empresa tem investido na produção de algumas séries exclusivas, que levam o selo "Original Netflix", sendo, portanto, um conteúdo que você só encontra (legalmente) na plataforma.

Os animes originais da empresa contam com áudio dublado em português, além disso, os demais possuem também legendas na referida língua.

Amazon Prime Video

Jogos para apreciar com o apoio de um joystick

Concorrente direto da Netflix, a Amazon Prime Video vem ganhando notoriedade no universo do streaming ao redor do mundo.

Criada pela gigante do comércio eletrônico, a plataforma investe em títulos originais e de terceiros, possuindo hoje em seu catálogo do Brasil uma série de animes conceituados, inclusive, alguns que aparecem com exclusividade no serviço, como Prison School ou Kabaneri of the Iron Fortess, por exemplo.

Além dos exclusivos, uma vantagem do serviço é a possibilidade de usar animes sem precisar assinar um pacote extra, como o que é oferecido pela empresa no exterior. Não obstante, a empresa também se destaca pelo baixo custo da assinatura mensal: R$ 7,90.

Motivos para assistir animes legalizados

As razões para você assistir um anime (ou qualquer produção audiovisual) legalmente são diversos. Dentre eles, podemos destacar, por exemplo, os perigos que podem estar à espreita em um site de conteúdo pirata, o que vai desde anúncios invasivos até ofertas de download de itens maliciosos.

Vale destacar ainda que, ao consumir um conteúdo não original, o usuário está deixando de incentivar os estúdios e consequentemente de contribuir com a produção de novos produtos do gênero, o que também não é legal.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: