Topo

9 mitos sobre a qualidade do seu sono

Comente

Estude estes fatos para entender o que você poderia ter se enganado antes, e isso não lhe deu um sono qualitativo. Talvez você tenha que repensar muito e mudar sua abordagem para o descanso noturno.

Mito 1: O álcool irá ajudá-lo a dormir

Realidade: Um copo de vinho antes de ir dormir pode ajudá-lo a adormecer, mas esse sonho provavelmente será algo como uma condição restaurativa. De fato, o álcool não permite que seu corpo produza melatonina, um ingrediente necessário para uma boa noite de sono. A bebedeira à noite também interrompe seu ciclo de sono correto e evita sonhos. Em outras palavras, você não será capaz de ter uma boa noite de sono.

Mito 2: Você sempre pode acompanhar os finais de semana

Realidade: Se você dorme bem alguns dias por semana, isso não lhe compensa a falta de sono nos dias úteis. Toda vez que você dorme um pouco, você começa a acumular "dívida de sono". Uma vez por semana para dormir o suficiente - não é muito assustador. Mas não dormir o suficiente todos os cinco dias significa que você vai acumular um monte de "dívidas" que você não pode "voltar", não importa o quanto você durma no fim de semana.

Mito 3: Se você não consegue dormir por um longo tempo, vá para a cama cedo

Veja também:

Realidade: Isso pode realmente funcionar contra você. Desde que seu corpo não está acostumado a ir para a cama cedo, você ainda vai se virar e virar, até adormecer no seu dia. Além disso, quanto mais tempo você passa na cama todas as noites sem dormir, mais você associa esse lugar à vigília, e não ao descanso.

Mito 4: Uma xícara de café à tarde não pode machucar

Realidade: Dependendo da sua sensibilidade à cafeína, idade e até mesmo a estação, esta bebida a qualquer hora do dia pode potencialmente não deixá-lo adormecer à noite. Tente beber apenas antes do almoço ou até reduzir a ingestão matinal de duas xícaras para uma.

Mito 5: Carboidratos à noite vão ajudar você a dormir

Realidade: Comer com carboidratos à noite pode arruinar sua qualidade de sono. Em geral, é indesejável comer alguma coisa pesada por várias horas antes de dormir. Comer tarde da noite não só aumenta a temperatura corporal, mas também pode levar a problemas digestivos que impedem o sono normal.

Mito 6: O ronco é absolutamente inofensivo

Realidade: Infelizmente, isso aponta para problemas. Para a maioria das pessoas, o ronco provavelmente não é uma distração (exceto para os parceiros irritados), mas pode ser o primeiro sinal da síndrome da apneia obstrutiva do sono, quando o trato respiratório é bloqueado total ou parcialmente. Nessa condição, seu corpo estará desperto, pois percebe que você não está respirando bem. Isso não só piora a qualidade do sono, mas também aumenta o risco de desenvolver diabetes, pressão alta, ataque cardíaco, derrame e obesidade.

Mito 7: Uma pessoa deve dormir oito horas

Realidade: A necessidade de dormir em pessoas diferentes, respectivamente, diferentes. Alguém tem sete horas e alguém precisa de todas as nove horas. As oito horas notórias são uma figura média e você não precisa entrar em sua estrutura.

Mito 8: Você vai adormecer rapidamente em um quarto quente

Realidade: Na verdade, o oposto é verdadeiro. A temperatura ideal para o sono é de 12 a 23 graus Celsius. Esta faixa de temperatura permite que seu corpo esfrie e inicie um ciclo de sono. Boa circulação de ar, cobertores leves, mãos e pés quentes também são fatores importantes no sono saudável.

Mito 9: Se você tem insônia, você ainda precisa deitar na cama

Realidade: Depende da situação - e da própria pessoa. Especialistas diferem nesta questão, mas a maioria concorda que, se você estiver relaxado e confortável, fique na cama e deixe seu corpo e cérebro descansarem. Deitar sem dormir leva a ansiedade ou nervosismo, então levante-se e faça algum tipo de atividade para se distrair.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: