Topo

5 Mulheres que já foram agredidas por seus companheiros

Comente

Recentemente outra mulher do mundo dos famosos foi alvo de agressão. Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, casada com o cantor Naldo, o denunciou por agressão e chegou a sair de casa com a filha dos dois, Maria Vitória, de 2 anos, porém, decidiu perdoá-lo. Ela publicou um texto no Facebook afirmando que decidiu dar uma nova chance ao relacionamento com o marido. Moranguinho pediu para não ser julgada por sua decisão.

A agressão à mulher vem sendo debatida com mais ênfase e muitas mulheres tem tomado coragem para denunciar seus agressores. No mundo dos famosos, a denúncia também serve como alerta para as pessoas que sofrem com isso mas tem medo de expôr o agressor.

Veja outras famosas que foram agredidas e denunciaram

Gretchen

Veja outras famosas que foram agredidas e denunciaram

"Eu era agredida todos os dias. Agredida de verdade. Eu era espancada. Eu apanhava por qualquer motivo. Eu apanhava porque sorria, apanhava porque ficava triste, eu apanhava porque tomava banho com as minhas irmãs quando elas iam na minha casa. E ele não tinha nenhum problema com bebida. Ele me batia porque era psicopata. Mas, quando passava a crise, vinha chorando, passava mal do coração, dizia que tinha problema e que não vivia sem mim, que se eu saísse [de casa] ele morria. Eu vivia em uma gaiola de ouro, porque ele realmente tinha muito dinheiro".

Veja também:

Desabafou a cantora em um vídeo em seu canal sobre violência contra a mulher. Segundo ela, o terceiro marido chegou a apontar um revólver em seu pescoço após ela tentar ir embora, ameaçando também o filho que os dois tiveram juntos.

Rihanna

Veja outras famosas que foram agredidas e denunciaram

Em 2009, a cantora apanhou do então namorado Chris Brown. Os dois chegaram a reatar a relação por um breve período após a agressão, pela qual o cantor foi condenado a trabalhos comunitários e cinco anos de liberdade condicional.

"Eu era muito protetora dele. Eu sentia que as pessoas não entendiam ele. Mas depois de um tempo naquela situação, você percebe que você é o inimigo. Se você suporta o que está acontecendo, talvez esteja aceitando que merece esse tipo de coisa, e foi aí que eu finalmente tive que dizer, fui estúpida em pensar que poderia aguentar isso", revelou em entrevista à "Vanity Fair".

"O que os homens não compreendem quando batem em uma mulher é que o rosto, o braço quebrado, o olho roxo vão se curar. Esse não é o problema. O problema é a ferida por dentro. Você relembra, você relembra o tempo todo", concluiu em uma entrevista a Diane Sawyer, no programa "Bom Dia América" da rede de televisão ABC.

Palmirinha Onofre

Veja outras famosas que foram agredidas e denunciaram

Mestre na arte da cozinha, Palmirinha revelou, em 2012, ter passado por um relacionamento abusivo com seu ex-marido. Segundo ela, três mulheres do então companheiro estiveram presentes em sua festa de casamento.

"Ele bebia muito, tinha várias amantes. Eu achava que se eu me separasse dele eu iria prejudicar o futuro das .minhas filhas. Apanhei muito dele até minha segunda filha se casar. Aí eu me separei, eu tinha 45 anos", comenta. "Minha família dizia que mulher que se separava do marido não prestava".

Amber Heard

Veja outras famosas que foram agredidas e denunciaram

A atriz e modelo acusou o ex-marido Johnny Depp de tê-la agredido em 2016. Ela afirmou que o ator a atacou e jogou um iPhone em seu rosto. O episódio de violência teria acontecido depois que Depp se irritou com a ex-esposa, que discutia com ele ao mesmo tempo em que falava com uma amiga ao telefone.

De acordo com o site "TMZ", a atriz teria sofrido outras agressões durante o casamento e teria ainda, inclusive, guardado um vídeo como prova do comportamento abusivo do ex. Os dois entraram em um acordo, e Amber retirou a denúncia de agressão.

Luiza Brunet

Veja outras famosas que foram agredidas e denunciaram

A atriz teve uma relação de cinco anos com o empresário Lirio Parisotto. Após, segundo ela, ter levado socos e chutes, que a deixaram com hematomas e costelas quebradas, Luiza revelou, em depoimento ao Ministério Público, que já havia sofrido outras agressões físicas e psicológicas durante o período em que ficou com o companheiro.

A artista, no entanto, não havia prestado outras queixas contra Parisotto até o episódio que aconteceu em Nova York, em 2016. "Dei publicidade ao caso para que outras mulheres vítimas de violência tomem coragem e não se calem". O empresário nega as acusações e diz que há contradições nos depoimentos da ex.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: