Topo

Site lista os 10 melhores países para quem quer trabalhar e ganhar muito no exterior

Comente

Com a crise política econômica pela qual o Brasil vem passando nos últimos anos, muita gente já ao menos pensou na possibilidade de trabalhar em outros países. Mas será que realmente vale a pena?

Pois bem, a julgar por uma lista publicada recentemente em um site português, as oportunidades em alguns países podem ser um tanto quanto tentadoras. A publicação sugeriu que existem pelo menos 10 bons países para se trabalhar e ganhar muito dinheiro ao redor do mundo. Se você ficou curioso para saber quais são esses lugares, confira a lista a seguir.

Países apontados como os melhores para quem quer trabalhar no exterior

Suíça

Melhores países para trabalhar Suíça

Segundo sugeriu a publicação, a Suíça é um país cada vez mais procurado por portugueses que pretendem trabalhar fora do país. Entre os principais motivos está a possibilidade de trabalhar e ganhar bem no país.

Veja também:

Isso porque o país possui uma das menores taxas de desemprego da Europa, além de boas condições de trabalho e salário cerca de três vezes superior ao de Portugal, que por sua vez já é maior que o do Brasil. É preciso destacar, porém, que o custo de vida para quem mora no país também tende a ser maior.

Alemanha

Melhores países para trabalhar Alemanha

Outro país muito buscado por quem pretende trabalhar no exterior é a Alemanha, o que se deve ao bom salário mínimo e qualidade de vida. Apontada em muitas publicações como o "motor econômico europeu", o país abriga alguns dos maiores setores industriais da Europa, como o automobilístico, mecânico e até farmacêutico, só para citar alguns.

Suécia

Melhores países para trabalhar Suécia

Considerado um dos países mais igualitários do mundo no que diz respeito à repartição dos salários, a Suécia é também um lugar onde a pobreza possui os menores índices, considerando todos os países do planeta. Não obstante, chamam a atenção também as boas condições de trabalhos e a qualidade de vida no país, o que naturalmente também chama a atenção de quem deseja trabalhar no exterior.

Emirados Árabes

Melhores países para trabalhar Emirados Árabes

Os Emirados Árabes são conhecidos por muitos como terras de riqueza, e de acordo com o que sugere a publicação portuguesa, isso é excelente para os trabalhadores. Os sete Emirados (Abu Dhabi, Dubai, Sharjah, Rãs Al Khaimah, Umm Al Qwain, Ajman e Fujairah) são apontados como verdadeiras “minas de ouro”.

Embora sejam países com muitas diferenças culturais, especialmente para quem vive aqui na América do Sul, os Emirados não parecem impor grandes dificuldades a quem deseja trabalhar e ganhar muito dinheiro.

Isso porque além das remunerações acima da média, é possível obter rendimentos livres de impostos e outros benefícios, que vão desde alojamento, alimentação e telefone, até carros, seguros de saúde e vida ou viagens para o país de origem.

Noruega

Site lista os 10 melhores países para quem quer trabalhar e ganhar muito no exterior

Apontada como a dona de uma das menores taxas de desemprego do mundo, a Noruega é um país que também mereceu destaque na publicação portuguesa. De acordo com as informações, os salários no país giram em torno dos 5 mil euros brutos por mês, sem contar que o país proporciona boas condições de trabalho.

Singapura

Melhores países para trabalhar Singapura

Muita gente pode ficar surpresa, mas Singapura foi lembrada na publicação e não sem um bom fundamento. O país acolhe diversas empresas internacionais e, portanto, é apontado como um bom mercado para quem procura trabalho.

Além disso, chama a atenção o fato de os salários em Singapura serem atraentes e as taxas de impostos serem baixas. Vale destacar, porém, que as regras para contratação de estrangeiros costumam ser rígidas.

Áustria

Melhores países para trabalhar Áustria

Diferente de alguns países ao redor do mundo – incluindo o Brasil – a Áustria não tem um salário mínimo estipulado por lei. Isso significa que os ganhos dos trabalhadores podem variar de acordo com a profissão e o cargo escolhido, não ficando, no entanto, abaixo dos 1.200 euros mensais.

O país ganha destaque oferecer na maioria dos casos um bom salário e ter um custo de vida acessível, além de um baixo índice de criminalidade e sistema de saúde entre os melhores do mundo.

Hong Kong

Melhores países para trabalhar Hong Kong

Aqui temos um país apontado como uma boa opção para quem busca não só trabalhar, mas evoluir na carreira. O país oferece bons salários, com valores anuais que giram na casa dos 176.932 euros. Apesar disso, os custos de vida são altos.

Reino Unido

Melhores países para trabalhar Reino Unido

O Brexit e as muitas exigências para a imigração, tornam o Reino Unido um país não muito acessível para estrangeiros que procuram emprego por lá. Apesar disso, porém, para quem tem reais condições de morar no país, a boa notícia é que existem boas ofertas de emprego por lá. Os enfermeiros, por exemplo, estão entre os profissionais mais requisitados. O bom salário é um dos atrativos para os profissionais na região.

Bahrein

Melhores países para trabalhar Bahrein

Com sua economia ligada em boa parte ao petróleo, assim como boa parte dos demais países do Oriente Médio, Bahrein também entrou na lista dos melhores países para se trabalhar no exterior. Segundo a matéria do site português, por lá contratam-se muitos engenheiros e é possível ganhar facilmente ao menos cinco mil euros mensais, livres de impostos e com direito a alojamento, alimentação, carro, seguro de vida e saúde, e viagens.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: